Protocolo TCP/IP – parte 1

Ver em inglês.

Boa noite, pessoal. A partir desse post, teremos um tutorial explicativo sobre o protocolo TCP/IP e suas partes. Entenda de maneira clara como e onde você utiliza o protocolo TCP/IP. Você vai entender, também, o motivo deste protocolo ser tão importante.

A fusão de dois protocolos

Se você está lendo esse post, então você está utilizando o protocolo TCP/IP. O protocolo TCP/IP é uma união dos dois protocolos que compõem o seu nome: TCP e IP. Protocolos podem ser interpretados como padrões necessários para que uma mesma tecnologia funcione seguindo determinado padrão. É como se você trabalhasse em uma fábrica em frente a uma esteira. Cada pessoa tem uma função específica que, se feita corretamente, terá como resultado o produto final. Cada empresa, por sua vez, tem funções diferentes para estas pessoas para chegar a outros resultados, até mesmo semelhantes. E também é assim na Internet com os diferentes protocolos.

protocolo fusaoEsses protocolos são classificados conforme suas camadas. Estas, por sua vez, recebem o nome de Modelo OSI, como veremos mais a frente.

Protocolo TCP

O protocolo TCP significa Transmission Control Protocol, ou protocolo de controle de transmissão e é um dos principais protocolos da Internet. Sua função é verificar se os pacotes de dados estão sendo enviados na sequência correta e sem erros, mantendo assim o controle de transmissão dos dados.

informaticaHá indícios de que o protocolo TCP originou-se em maio de 1974, durante um artigo publicado por Vinton G. Cerf e Bob Kahn pelo Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE) nos EUA. Nesse artigo, os autores descreveram um protocolo que realizasse uma conexão com troca de pacotes, verificando também a existência de erros. A ideia foi bem recebida e, desde então, é utilizada.

Ao enviar os pacotes pelo protocolo TCP, podem ser utilizados alguns tipos diferentes de envio, como:

  • Orientado a conexão: Nesse caso, o remetente envia um pedido de conexão para o destinatário e, recebendo permissão, transfere os dados pela conexão.
  • Ponto-a-ponto (peer-to-peer): Uma conexão é estabelecida diretamente entre dois pontos, sem uma rede. Nesse caso, nenhuma solicitação é necessária.
  • Confiabilidade: O protocolo TCP possui bastante garantia de confiabilidade em entregar os pacotes ao destinatário. Por isso é muito mais utilizado do que outros protocolos. Com o TCP, é possível reenviar pacotes que ficaram perdidos pelo caminho ou que chegaram com erro ao destino. Assim, a informação pode ser interpretada pelo destinatário exatamente como o remetente esperava.
  • Full-duplex: de forma simultânea, são enviados e recebidos pacotes pela rede. Assim, os dois pontos são considerados remetentes e destinatários, pois recebem juntos os pacotes. Porém, essa forma pode causar congestionamento de rede algumas vezes.
  • Controle de envios: O receptor, ao constatar que o pacote chegou com a informação sem nenhum erro, envia uma mensagem de resposta para o remetente, confirmando o recebimento. Assim, o remetente não precisa mais se preocupar com esse pacote, pois tem certeza de que o mesmo já foi enviado com sucesso.

Como funciona o envio dos dados no protocolo TCP?

Para isso, o protocolo TCP utiliza um “aperto de mãos” de três vias: antes de realizar a conexão com o destinatário, o remetente se conecta ao mesmo para “escutar” em uma porta para abrir uma conexão. Esse processo é chamado de abertura passiva.

Assim que a abertura passiva é estabelecida o remetente pode realizar uma abertura ativa, que é o envio de um pacote SYN. Neste segundo processo é retornada a mensagem de confirmação para o remetente, chamado de pacote SYN+ACK.

Na terceira e última parte do processo, o remetente envia um novo pacote ao servidor, chamado de ACK, para confirmar que recebeu o pacote de resposta.

Após esse processo, os pacotes com os dados podem ser transferidos numa comunicação full-duplex.

PARTE 2…

Bom pessoal, no próximo post traremos a continuação do assunto…

Autor: Esdras Nunes

Rede LAN Soluções em Informática.

Um pensamento sobre “Protocolo TCP/IP – parte 1

  1. Pingback: Como configurar o DHCP em Servidores Linux – Rede LAN

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s