Cabo de Par Trançado

Cabo de rede par trançado CAT5e

Cabo de rede CAT5e

O cabo de rede de par trançado tem esse nome porque possui pares de fios entrelaçados, de modo a reduzir a interferência eletromagnética causada por meios externos e pelos próprios fios entre si. A taxa de giros por metro é definida conforme normas técnicas.

Atualmente, o cabo de par trançado possui 7 categorias principais, conforme o padrão da norma EIA/TIA 568-B, classificado conforme o nível de segurança que oferece e o diâmetro dos fios.

O cabo de par trançado ainda é considerado o meio físico mais usado em uma rede LAN, pela acessibilidade e valor do mesmo. Os outros meios mais ágeis, ou seja, que conseguem transmitir uma quantidade maior de dados simultaneamente, como o cabo de fibra óptica, ainda não são muito utilizados no Brasil devido ao seu alto custo.

Tipos de Cabos

Os cabos de rede par trançado podem ser não blindados (UTP – Unshielded Twisted Pair) e blindados (STP, ou Shielded Twisted Pair). Obviamente, o cabo UTP é mais utilizado nas redes comuns por ter um baixo custo. Porém, em uma rede mais estruturada e que deve ser considerada mais segura, recomenda-se o uso dos cabos STP.

UTP (Unshielded Twisted Pair)

Na tradução expressa, par trançado sem blindagem. Ainda é o tipo de cabo mais utilizado, tanto em redes domésticas, quanto em redes empresariais. Possui fácil manuseio, baixo custo e pode-se dizer que é eficiente em transferência de dados comuns. Opera em velocidades de 10 a 100 Mbps e sua categoria é a Cat. 5e.

É composto por quatro pares de fios coloridos entrelaçados, revestidos por uma capa, geralmente, de PVC. Para atender as normas técnicas e para que consiga transmitir dados na sua velocidade máxima, não pode ultrapassar 100 metros de fio sem nenhum adaptador.

Não deve ser instalado em locais que possuam muita interferência magnética, devido a ausência de blindagem. Se você possui uma empresa com motores ou equipamentos de inversão de frequência, por exemplo, não deve instalar uma rede com esse tipo de cabo.

STP (Shielded Twisted Pair)

Shielded Twisted Pair ou Par Trançado Blindado, como o próprio nome diz, é um cabo que possui uma blindagem com malha metálica a fim de minimizar praticamente a zero a interferência eletromagnética que possa ocorrer no ambiente em que está instalado.

STP - Cabo realmente seguro.Por se tratar de um cabo um pouco mais caro que o UTP por possuir essa característica, deve ser usado somente em ambientes que realmente necessitam de tamanha proteção. Esses ambientes podem ser aqueles que possuem muita umidade ou exposição direta ao Sol ou empresas e indústrias que trabalhem com muitos motores próximos aos cabos.

Categorias

Os cabos de rede par trançado possuem sete categorias em que estão divididos. Porém, para nossa aplicação em redes de computadores, exibiremos somente as últimas três categorias existentes atualmente, pois aplicam-se em nosso dia-a-dia de técnico em redes.

Categoria 5 e 5e – a mais usada

A categoria 5 era usada em redes com frequência de operação de 100 MHz com taxas de 100 Mbps. Desde a revisão da norma EIA/TIA 568, deixou de ser recomendada, sendo substituída pela categoria 5e. Esta, opera na mesma frequência de sua antecessora, porém em redes 1000BaseT Gigabit Ethernet (e não mais com redes fast ethernet).

Categoria 6

A categoria 6, assim como a 5e, também é recomendada pela norma EIA/TIA 568-B para ser utilizada em redes Gigabit Ethernet com velocidades de até 1 Gbps e frequência de 250 MHz.

Exemplo de cabo CAT6

Exemplo de cabo CAT6

Sobre a categoria 6a

Perceba que essa melhoria de categoria possui a letra “a” e não mais a letra “e”. Isso porque significa aumentada. Em outras palavras, a categoria 6a opera em velocidades de 10 Gbps e frequência de 500 MHz, aumento bem significativo se comparada com a anterior. Por essa razão, possuem um tipo específico de conectores para diminuir a quantidade de interferências.

Categoria 7

Serão o futuro das redes como conhecemos hoje, pois terão os fios feitos de cobre e irão operar em redes de até 40 Gbps. Como ainda é uma categoria “teste”, ainda não é reconhecida pela EIA/TIA. Em outras palavras, ainda não temos aplicabilidade real para essa categoria, mas ela já está aí aguardando sua vez.

Categoria 7a

Cabo de Rede

Os cabos de rede já fazem parte das nossas vidas.

Assim como a sua categoria primária, está sendo elaborada para suportar redes com velocidades surpreendentes, mas que ainda não temos em funcionalidade. Atuam em velocidades de 100 Gbps, para redes que possuam cabos com até 15m de comprimento. Também utiliza o cobre em seus fios.

Como é produzido o cabo de rede par trançado?

Veja a seguir como é produzido o cabo de rede par trançado.

Gostou do assunto e achou que faltou alguma coisa? Então, deixe o seu comentário logo abaixo para que possamos melhorar o conteúdo.

Fontes: youtube.com.br; wikipedia.org e oficinadanet.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s