Redes de Computadores – Visão Geral

Para começar a entender mais sobre redes de computadores, introduziremos a você essa tecnologia que já faz parte da sua vida: as redes de computadores. Para quem está começando nessa área da tecnologia que está em ascendente crescimento, teremos certeza de que será muito útil o conteúdo desse blog. Iniciaremos, então, apresentando de forma resumida o que é uma rede de computadores.

Uma rede de computadores consiste em dois ou mais computadores e outros dispositivos interligados entre si, compartilhando recursos físicos e lógicos, como por exemplo, dados, impressoras, mensagens eletrônicas,etc.

A Internet é um conceito muito mais amplo sobre redes de computadores, pois é a rede que interliga diversas redes. Existem diversas formas e recursos para interligar e compartilhar equipamentos, mediante meios de acesso, protocolos e requisitos de segurança.

Os meios de comunicação podem ser as linhas telefônicas, os cabos, satélites ou comunicação sem fios (tecnologia wireless).

História

Fonte da imagem: midritech.com.br

Antes do início de computadores dotados com algum tipo de sistema de telecomunicação, a comunicação entre máquinas calculadoras e computadores antigos era realizada por usuários humanos através do carregamento de instruções entre eles.

Em setembro de 1940, George Stibitz usou uma máquina de teletipo para enviar instruções para um conjunto de problemas a partir de seu Model K na Faculdade de Dartmouth em Nova Hampshire para a sua calculadora em Nova Iorque e recebeu os resultados de volta pelo mesmo meio. Conectar sistemas de saída como teletipos a computadores era um interesse na Advanced Research Projects Agency (ARPA) quando, em 1962, J. C. R. Licklider foi contratado e desenvolveu um grupo de trabalho o qual ele chamou de a “Rede Intergaláctica”, um precursor da ARPANET.

Em 1964, pesquisadores de Dartmouth desenvolveram o Sistema de Compartilhamento de Tempo de Dartmouth para usuários distribuídos de grandes sistemas de computadores. No mesmo ano, no MIT, um grupo de pesquisa apoiado pela General Electric e Bell Labs usou um computador (DEC’s PDP-8) para rotear e gerenciar conexões telefônicas.

Durante a década de 1960, Leonard Kleinrock, Paul Baran e Donald Davies, de maneira independente, conceituaram e desenvolveram sistemas de redes que utilizavam datagramas ou pacotes, que podiam ser usados em uma rede de comutação de pacotes entre sistemas de computadores.

Em 1969, a Universidade da Califórnia em Los Angeles, SRI (em Stanford), a Universidade da Califórnia em Santa Bárbara e a Universidade de Utah foram conectadas com o início da rede ARPANET usando circuitos de 50 kbits/s.

Redes de computadores e as tecnologias necessárias para conexão e comunicação através e entre elas continuam a comandar as indústrias de hardware de computador, software e periféricos. Essa expansão é baseada no crescimento dos números e tipos de usuários de redes, desde o pesquisador até o usuário doméstico.

Atualmente, redes de computadores são o núcleo da comunicação moderna. O escopo da comunicação cresceu significativamente na década de 1990 e essa explosão nas comunicações não teria sido possível sem o avanço progressivo das redes de computadores.

Classificação

As redes de computadores podem ser classificadas conforme algumas características. Vejamos elas:

Segundo a Arquitetura de Rede:

Segundo a extensão geográfica:

Segundo a topologia:

  • Rede em anel (Ring)
  • Rede em barramento (Bus)
  • Rede em estrela (Star)
  • Rede em malha (Mesh)
  • Rede em ponto-a-ponto (ad-hoc)

Segundo o meio de transmissão:

  • Rede por cabo
  • Rede de cabo coaxial
  • Rede de cabo de fibra óptica
  • Rede de cabo de par trançado
  • Rede sem fios
  • Rede por infravermelhos
  • Rede por micro-ondas
  • Rede por rádio

Hardware de Rede

Elementos de Cabeamento:

  • Cabo coaxial
  • Cabo de fibra óptica
  • Cabo de par trançado
  • Repetidor
  • Transceptor
  • Estação de trabalho
  • Placa de rede
  • Concentrador (hub)
  • Comutador (switch)
  • Roteador (router)
  • Modem
  • Porta de Ligação (gateway)
  • Ponte (bridge)
  • Servidor
  • Servidor de arquivos
  • Servidor de comunicações
  • Servidor de disco
  • Servidor de impressão
  • Servidor de bluetooth

Modelo OSI

  • Nível físico
  • Nível de enlace de dados
  • Ethernet
  • PPP
  • Nível de Rede
  • IP
  • IPX
  • Nível de transporte
  • TCP
  • UDP
  • Nível de sessão
  • NetBIOS
  • IPX
  • Appletalk
  • Nível de apresentação
  • Nível de aplicação
  • SMTP
  • FTP
  • Telnet
  • SSH
  • IRC
  • HTTP
  • POP3
  • VFRAD

Normas

  • IEEE 802
  • X.25

Técnicas de transmissão

  • Banda larga
  • Banda base

Essa foi a visão geral sobre redes de computadores. Obviamente, os conteúdos foram apenas apresentados aqui. Veremos detalhadamente, com o passar do tempo, o que significa e o que é cada um desses tópicos.

Fonte: pt.wikipedia.org.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s